[Resenha] - A linguagem das Flores

-Livro: A linguagem das Flores

-Paginas: 295

-Autor(a): Vanessa Diffenbaugh
-Editora: Arqueiro
-Nota: 9,0
-Sinopse:Victoria Jones sempre foi uma menina arredia, temperamental e carrancuda. Por causa de sua personalidade difícil, passou a vida sendo jogada de um abrigo para outro, de uma família para outra, até ser considerada inapta para adoção. Ainda criança, se apaixonou pelas flores e por suas mensagens secretas. Quem lhe ensinou tudo sobre o assunto foi Elizabeth, uma de suas mães adotivas, a única que a menina amou e com quem quis ficar… até pôr tudo a perder. Agora, aos 18 anos e emancipada, ela não tem para onde ir nem com quem contar. Sozinha, passa as noites numa praça pública, onde cultiva um pequeno jardim particular. Quando uma florista local lhe dá um emprego e descobre seu talento, a vida de Victoria parece prestes a entrar nos eixos. Mas então ela conhece um misterioso vendedor do mercado de flores e esse encontro a obriga a enfrentar os fantasmas que a assombram. Em seu livro de estreia, Vanessa Diffenbaugh cria uma heroína intensa e inesquecível. Misturando passado e presente num intricado quebra-cabeça, A linguagem das flores é essencialmente uma história de amor – entre mãe e filha, entre homem e mulher e, sobretudo, de amor-próprio.

Resenha:
         Victoria Jones é órfã de pai e mãe e mora em orfanatos desde que se conhece por gente,ela acaba de fazer 18 anos e precisa ter um emprego para se sustentar fora do orfanato onde morava.
         Ela nunca foi adotada a única vez que chegou perto de ser foi com Elizabeth,que a ensinou a gostar de flores e seus significados,mas estragou tudo como ela mesma fala.
         Ela fica pouco tempo em um quarto alugado que Meredith alugou,e depois vai morar em um parque,sem dinheiro ela conhece Renata dona de uma floricultura e pede emprego mas a principio não consegue logo depois.
         Começou trabalhando com Renata aos sábados indo ao mercado de flores e lá conhece um cara vendedor de flores.Passando um tempo e trocando flores significativas com o vendedor ela descobre que ele é Grant filho da irmã de Elizabeth.
         Eles começam a passaram mais tempo juntos e Victoria fica cada vez mais receosa,pois não quer que o relacionamento dela com Grant termine como aconteceu com Elizabeth quando tinha 10 anos.
         No recorrer do livro vemos uma gravidez,separação,superação e reconciliação.

Curiosidade:O livro a cada 1 ou 2 capítulos mostra a vida dela com Elizabeth e no final do livro podemos ver o significado de varias flores.

5 comentários:

  1. OI meninas!
    Mencionei seu blog em um meme lá no meu. Essas são as regras, se quiser participar (http://verbologiapink.blogspot.com/2011/10/selomeme-10-coisas-que-eu-amo-em-10.html) :) Bjinhus!

    ResponderExcluir
  2. A capa esta barbara e a resenha entao? parabens Gypsy

    ResponderExcluir
  3. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhh quero muito ler o livro, sério.
    Achei toda a temática tão bacana, vale a pena.

    ResponderExcluir

Olá, espero que goste de tudo, seja bem-vindo(a)!

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...