[Resenha] - O Visconde que me Amava



- Livro: O Visconde Que Me Amava - Série Os Bridgertons #2
- Autora: Julia Quinn
- Páginas: 288
- Editora: Arqueiro
- Nota: 10
-Sinopse: A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva. Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela. Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele. Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.


Resenha: 
      Gente sabe quando tu lê a sinopse do livro e SABE que vai dar boas gargalhadas? Bom...Assim foi o livro "O Visconde que me Amava" para mim. Além de uma escrita rápida e fácil, que tu devora o livro todo e nem percebe, ele se passa naquelas épocas antigas super fofinhas - que só de ler da vontade de fazer parte.
      Para quem não sabe o livro faz parte de uma série de oito livros que a autora, Julia Quinn, escreveu e acompanha a saga do clã Bridgerton, cada livro traz a história de algum dos irmãos. Este é o segundo da série, (Nota: Sim ...Eu li o segundo livro da série primeiro! hahahaha).
     
      Livros que se passam nessa época, sempre estão envolvidos em mães loucas para casarem os filhos. E a Srª. Violet Bridgerton, a matriarca da família não é a exceção (Nota: Eu lembrei muito da Srª Bennet, mas Violet é mais adorável e chega a ser encantadora com seu jeitinho). Está na vez de contar a história de Anthony, o filho mais velho, e Kate. Anthony é o tipo jovem rapaz, rico e bonito, que as mães procuram para suas filhas em idade para se casar. 
      A vida de Anthony gira em torna de sua obsessão que irá morrer cedo, como o pai. Então agora quase chegando aos 30 anos e sem herdeiros ele se encontra na missão de encontrar a esposa perfeita, mas sem incluir a questão amor. Ele encontra Edwina, a garota perfeita para os padrões da época - e para os seus próprios. Mas existe um pequeno problema, e ele se chama Kate.
      Kate, a irmã mais velha de Edwina e uma solteirona convicta, é aquela que irá ou não aprovar aceitar o futuro esposo da irmã e Anthony com certeza não se encontra na lista de pretendentes aceitáveis para Kate, mal ela sabe que Anthony é muito persistente com o que ele quer e irá fazer de tudo para conseguir seu objetivo.       Este até agora, eu li o terceiro livro também, é o mais engraçado da série. A cena da abelha em um ponto do livro é a mais engraçada e estupidamente surpreendente de todas, o que este pequeno animal voador não pode fazer com o futuro de duas pessoas? hahaha. E o Anthony é o rapaz mais engraçado e insuportavelmente gentil/doce que eu já "vi", por enquanto ele só está perdendo para o Mrs. Darcy hahahaha. 

Book Trailer:
Não achamos o book trailer oficial do livro O Visconde que me Amava, nem um book fã. Se algum leitor encontrar, por favor, deixe nos comentários da resenha. :)

1 comentários:

Olá, espero que goste de tudo, seja bem-vindo(a)!

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...